São tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo que não tenho tido tempo para atualizar o Várias!

Coisas boas!Aliás ótimas, mas que têm tomado todo meu tempo livre de antes.

Fui promovida no trabalho, estou com projeto paralelo  de outro trabalho, voltei a namorar com a minha Amora e estamos bem!

 

Depois conto mais!

 

beijos a todos



Escrito por Cuca às 19h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Todos os dias

 

As coisas vêm acontecendo, mas seguimos engessados.

De repente, algo nos tira de um estado de torpor e nos chacolha dizendo:

-Ei ... não quero mais!

Parece que em meio minuto, você entende porque;

Aí vem uma cascata de coisas e sentimento, junto com o entendimento.

Porém, acredito que nada é por acaso nessa vida.

Fica o anel, o dedo, a história e o sentimento!

Vai a pessoa, o título e as coisas ruins.

Meu namoro acabou de maneira digna, cabendo uma futura amizade e outra forma de amor.

Depois de quase três anos de companheirismo, amizade e amor, as diferenças ganharam mais força, mas acredito que a vida se encarrega dessas coisas porque, temos que seguir ensinando, aprendendo e crescendo pela vida a fora!

Amarei todos os dias para sempre, só que moldarei esse sentimento para que ele se torne amizade sincera, duradora e eterna!



Escrito por Cuca às 09h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Estou numa fase de mudanças em minha vida.

Mudanças que não dependem de mim, só da minha paciencia, jogo de cintura e calma.

Acontece que, essas características não são o que de forte tenho dentro de mim e é aí, que as coisas começam a ficar pesadas para mim.

Confiar que estou no caminho certo? Confio, mas as vezes me vêm aquela pergunta básica: "Será que estou mesmo seguindo meu caminho do meio?"

Acredito muito nessa máxima budista que fala sobre o caminho do meio. Aquele que leva ao equilíbrio, ao contentamento.

Essa semana vou conhecer um templo budista, vontade que tenho há algum tempo.

A saúde tem sentido forte essas ansiedades de vida que tenho.

Estou nessa procura do caminho do equilíbrio.



Escrito por Cuca às 12h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


História

 Camila B

 

 

Tudo aconteceu assim, sem muita explicação.

Eu a vi na faculdade, cantando. Pensei que pudesse ser um passarinho, mas era ela.

No dia em que conversamos, tudo o que sentia ao vê-la, aumentou: desejo, encantamento e suspiros.

Queria tê-la. Não sabia exatamente o que isso significava, afinal aquele mundo era muito novo para mim.

Um dia ela chegou com o cabelo cortado. Olhei seu reflexo pelo espelho do banheiro feminino e quase derreti.

A conversa fluiu sem que ela percebesse meu estado mais líquido do que sólido. Depois da aula, ela me chamou para o bar da frente da faculdade , aonde alguns colegas em comum iam depois da prova.

A prova foi feita em 15 minutos.

Lá estava eu, indo para o bar, trêmula, ansiosa.

Chegando à mesa, lá estava ela, conversando animada com um amigo nosso. Sentei completamente tímida.

Depois do terceiro copo de cerveja, a timidez me deu adeus e eu comecei a olhá-la sem nenhum pudor, imaginando suas mãos em meu corpo, sua boca na minha.

Era a primeira vez que eu sentia tanta paixão por uma mulher.

Aos poucos fui me entregando aquilo tudo e quando vi, estava no carro dela indo para casa.Chegamos à porta de casa e ela me deu um beijo na boca.Que beijo!

E depois de quase 3 anos juntas, muitas alegrias, histórias, superações, dois pés quebrados e um apendicite eu continuo a amá-la todos os dias! (Com S)

 

All Star

Nando Reis

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as índias mas a terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem ficou pra hoje

Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu all star azul combina com o meu preto de cano alto
Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem ficou pra laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te reencontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem, ficou pra hoje

 



Escrito por Cuca às 08h48
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Descoberta sobre o pecado

Camila B

 

 

 

 

Um arrepio que vira tremor

Uma possibilidade, por uma noite!

Conversas sobre calor...

A adrenalina da luxúria como um açoite

 

Delicadeza de olhar,

Permissão de quem se deve amar

Sentidos, todos, a gritar...

Juntos a ressoar

 

Mãos e braços desconhecidos

Percorrendo tudo com suavidade

Apesar dela, a avidez dos desprovidos

Reconhecendo o completo desconhecido

 

A noite dá lugar ao desejo

A luz denúncia que já é dia

O barulho do silêncio invade a casa vazia

Misturando gemidos a tudo que se sentia

 

Sabores escorrem nas peles macias

Pêlos misturados, pura magia!

Som e textura que contagia

Desejo que erigia

 

As sensações se misturam aos sabores

Doces, agridoces, fortes,

Os sentidos se juntam às cores

Rosa, vermelho, branco...

 

A boca se enche de água

As partes se inundam do macio

O pescoço arrepia o rosto

O olho que se delicia

 

O pecado escorre entre eles

Que dormem entrelaçados

Como se o desejo fosse infantil

Descobrindo que o pecado tem um cheiro misturado



Escrito por Cuca às 13h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Nascer e Morrer

Camila B

 

 

 

Assim que o sol não nasce

Sinto uma falta dentro de mim

Fui pensando que era assim mesmo

E foi aumentando...

 

Sentindo até o fim

Fui caminhando, quilômetros!

Apalpando o que tinha

Observei o que faltava

 

Nada meu

Nada seu

Apenas a falta de um nós, talvez...

Hálito, pele e cheiro.

 

Fui descendo até o fundo

Lá onde a areia fica grossa

Onde o ar fica escasso

Foi lá que senti o cheiro de coisa nossa

 

Saudade... Não da vida, nem do futuro

Mas de sentir aquilo

De exalar aquele cheiro

Foi então que o grito aconteceu!

 

Ele veio quente, com fome,

Desesperado por algo que o fizesse sentir

Aquele cheiro, aquele gosto,

Vontade de estar denovo pulsando, por dentro...

 

Gritei bem alto

Lá do fundo da areia grossa

Lá de dentro de mim

Apenas uma pessoa escutou: Eu!

 

Segui no fundo da areia tentando sorver tudo

Comer cada grão daquele doce encanto

Quando já não aguentava mais

Cuspi tudo que estava por dentro

 

Senti que ia ficar satisfeita

Não aconteceu

Algo ainda faltava

Algo ainda gritava dentro da areia

 

 

Fui apalpando, virando, procurando...

Agora eu já enxergava,  podia achar

Não era saciedade que buscava

Era a resposta, era o porquê?

 

Algo parou finalmente de doer

Parou também de cheirar

De cutucar e de incomodar

Era eu que nascia denovo!Ou morria...



Escrito por Cuca às 08h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Sexta-feira chuvosa em São Paulo.

Daqueles dias que a vontade de todo mundo é ficar na cama. Eu, pobre mortal, estou no trabalho a uma hora e meia, a todo vapor.

Sabe que, esses dias frios, sempre me deixaram triste, mas hoje foi diferente. Acordei disposta, alegre!

Acho que são hormônios a flor da pele, eminência do final de semana, amor próprio e por aí vai.

Ando me aceitando mais como sou e tentando mudar o que não me agrada, e isso tem me feito um bem grande. É uma sensação de cuidado comigo, de estar sendo cuidada com carinho, por mim mesma!

A vida fica simples quando aceitamos o que não podemos mudar e temos sabedoria para diferenciar do que podemos mudar e agimos para que a mudança ocorra.

Muito existencial?

O meu processo de espiritualização também tem contribuído para dar vazão a esse equilíbrio e a pensar nessas coisas.

Claro que tenho meus momentos de cansaço e porquê não dizer, desanimo. Com a diferença que agora, a reação vem mais rápida, fundamentada nas convicções que, tudo tem a hora certa para acontecer e o momento exatamente propício para dar o resultado necessário da nossa evolução como seres humanos.

 



Escrito por Cuca às 09h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


O que será que está havendo com o mundo?

Vejo cada vez mais pessoas insatisfeitas, com seus trabalhos e trabalhando mais. (Me incluo parcialmente neste quadro)

Não quero ser pessimista, mas as vezes fica difícil manter o ânimo, os planos, os sonhos...

Poucas oportunidades, pouco reconhecimento e principalmente pouco amor nos ambientes de trabalho, infelizmente são realidade hoje. Ninguém quer se comprometer, dar uma indicação ou ajudar um colega.

As pessoas que me rodeiam ou trabalham demais, ou de menos. Ou ganham mal ou estão precisando ganhar mais. Os que têm estabilidade não têm satisfação. Há também os que não tem os dois.

O que está acontecendo com o mundo? Será que a teoria Maia estava certa e o mundo termina em 2012?

Isso explicaria essa grande confusão que se tornou à vida das pessoas.

Enfim, não é o desânimo que quero mostrar nesse texto é apenas o desabafo de uma jornalista formada há cinco meses que está na mesma função (fora da área da comunicação) e que tem visto seus amigos na mesma situação, ou pior, sendo demitidos.

Queria dividir isso com vocês, leitores do Várias, para juntos talvez chegarmos a uma conclusão...

 

 



Escrito por Cuca às 15h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Positivamente

 

 

Volto a ativa, com a sensação que foi só uma queda.

Sinto por todos os lados um incentivo. Bons pensamentos nunca fizeram mal a ninguém então sigo com eles.

 

Negatividade é coisa do passado e quem vive dele, não aproveita o presente e não vê o futuro.

 

Quero viver o presente de coisas lindas que se apresentam agora. Sentir a beleza de cada amanhecer e me acalmar depois do sol se por.

 

Viver em paz, com aquilo que a vida pode trazer de bom, no dia-a-dia mesmo, nas pequenas coisas como:

 

-Um lugar para sentar e ler o livro;

-Uma comidinha gostosa no almoço

-Um carinho inesperado

-Uma oportunidade de fazer o bem e nem olhar a quem

-Uma amizade nova

-Um filme novo em cartaz

-Um dia para não fazer nada

 

 

São coisas como estas que, todos os dias, vêm nos fazer companhia e que dentro da amargura de cada um, nem conseguimos nos dar conta.

 

Exercício diário: Perceber tudo o que de bom passa e absorver essa energia boa.

 

Como diria o marido de uma amiga minha: “Que papo hippe hein?”  

Acordei 'meio hippe' hoje.

 

Acho que foi porque, no sonho, caia de um prédio de 5 andares, direto no chão e não morria Legal

 

Boa Semana para todos vocês!

 



Escrito por Cuca às 09h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Somente hoje

 

Camila B

 

Hoje eu não quero ter forma,

Sem rima ou estilo,

Quero ter mal gosto

Assim, olhando de cima!

 

Vou ser orgulhosa e vaidosa,

Quero sentir tudo na veia

Na pele o arrepio do errado

No sangue, o estanque;

 

Quero escrever livremente

Sem tema, nem ortografia!

Sem pai, nem tia...

Com nenhuma certeza sublime

 

Estou cansada do sentir

Do seguir...

Da paciência,

Cansada de todas as ciências!

 

Falei que não ia rimar

Rimei, e daí?

Nervosa, maldosa!

Raivosa, e daí?

 

Hoje quero ser folgada e ociosa,

Não queria estar escrevendo assim

Queria ser graciosa

Mas hoje estou teimosa!

 

Deveria sorrir, esquecer,

Deixar a estrofe pra trás

Mas hoje sou isso

Só isso, nada mais que isso!

 

Não é mal de amor,

Antes que pergunte...

Não é falta de sexo

Antes que julgue

 

É o grito abafado, do ser humano:

Chateado, abalado, desnorteado!

Confiante, porém, em ser o que é, hoje,

Somente hoje!

 

Porém, se antes do “somente hoje’ terminar

Quiser mudar, cantar e dançar...

Nada vai atrapalhar,

Não vou ficar sem andar, só para agradar;

 

Vou fazer girar, gritar e arrasar...

Não é tpm, para de me julgar!

É guardada, sufocada uma vontade de trabalhar,

É necessidade útil, de alcançar!

 

Dor de ter no esperar

Machucado, alargado,

O tempo, como vento!

Fazendo dor todo dia, de pouquinho, de mansinho...

 

Acontece que hoje doeu mais

Porque doeu, preciso ter razão pra tudo?

Faltou paz, só por hoje,

Dentro de mim, por cima tudo.



Escrito por Cuca às 08h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Juramento

Juro, no exercícios das funções do meu grau assumir

meu compromisso com a verdade e com a informação.

Juro emprenhar todos os meus atos e palavras, meus esforços e meus conhecimentos,

para a construção de uma nação consciente de sua história e de sua capacidade.

Juro, no exercício do meu dever profissional não omitir, mentir ou distorcer informações,

não manipular dados e acima de tudo, não subordinar em favor de interesses pessoais,

os direitos do cidadão à informação.

_____________________________________

Sou formada!

Jornalista de corpo e alma. Foi especial a colação, especialmente mágica.

Meu coração está grato por este momento de realização de um sonho.

Que a renovação da Páscoa possa trazer para o coração de todos vocês

essa sensação de sonho realizado , porque poucas sensações são tão boas tanto esta!

 



Escrito por Cuca às 08h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Quase um naufrágio

 

 

Existem acontecimentos em nossas vidas que realmente doem. O fato das pessoas que amamos, se machucarem, faz dos acontecimentos algo que não conseguimos lidar muito bem.

Tudo vem para nosso crescimento interior, hoje sei disso. Entretanto, saber não tira a dor dos que amamos, alivia minimamente a nossa dor.

Família é algo que amamos desde o nascimento. Mãe é uma criatura que o amor transcende, no caso. Vê-la sofrer e fazer sofrer não me deixa em paz um só minuto.

Mãe para mim sempre significou: equilíbrio, amor, caridade, fé entre outras tantas qualidades.

Consigo vislumbrar uma perda de oportunidade, uma oportunidade sendo jogada fora.

Rezo todos os dias.

Penso positivo, faço projeções de futuro animador.

Sábado minha fé foi posta em prova e a noite meu coração se apertou.Domingo veio a notícia que não pode ser adiada.

Sei que as pessoas são livres para fazer escolhas, porém, ver quem amamos, sem poder ajudar, a não ser por meio de preces sentidas, errando, tornando a vida mais difícil e dolorosa do que já é, é triste.

Ninguém tem culpa, não estou aqui procurando culpados, certos ou errados.

Queria apenas pensar por meio dos escritos, procurar animo nas palavras que saem rápidas pelos dedos que digitam sentimentos em linhas.

Problemas familiares nos desestabilizam aos trinta ou cinco anos de idade, porque família é alicerce. É onde corremos quando os problemas apertam, é o lugar seguro.

Quem sempre teve este porto, sente-se sem chão quando o arpoador está estremecido.

Meu navio está a caminho de Deus sempre mas, sem ter onde aportar no momento!



Escrito por Cuca às 10h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Datas felizes e tristes das nossas vidas se misturam.

Isso realmente é viver. As coisas vão acontecendo e vamos sentindo, aprendendo, construindo e concluindo etapas.

Sábado eu e a Amora completamos 2 anos e meio de amor. Fomos a um restaurante a luz de velas, comemoramos com o amor vibrando dentro de nós, com a felicidade de duas pessoas com, maneiras diferentes, porém essências e carater muito parecidos. Depois dormimos juntas, calmas, com a certeza que outras datas importantes virão, nessa vida linda que estamos construindo com confiança, respeito e muito amor.

Hoje faz 10 anos que meu irmão mais velho foi para a pátria espiritual, seguir sua caminhada evolutiva. Sentimos muito na época, mas hoje ficou apenas a saudades gostosa, lembranças de momentos maravilhosos, experiências e aprendizados. Além da certeza que logo mais, ali na frente, nos encontraremos.

Datas são sempre marcantes, faça 1 ou 10 anos de algo importante, temos que ser gratos pela vida nos proporcionar tantas experiências importantes para nosso crescimento interior.

 



Escrito por Cuca às 08h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Ilha da Magia

Camila B

Magia e alegria

Natureza e beleza

Muita beleza

Presença de Deus em tudo

Sol aquecendo aquele mundo

Descanso pronfundo

Amizades novas

Velhas saudades

Sabores, curiosidades

Ilha da magia

Ilha da cantiga

Ilha minha!

A viagem a Curitiba e Florianópolis foi simplesmente perfeita!

Rever amigas queridas, como a Anne e a Mari, conhecer pessoas novas como a Lê, a Karina e sua amada foi muito gostoso.

Abaixo coloco um pedadinho da viagem muito especial, a Karina (linkada ao lado) e sua amada, me levaram para jantar num restaurante fantástico , o João de Barro. Na minha opinião passagem obrigatória para quem vai a Floripa. Depois do jantar, apagam-se todas as luzes do restaurante, que fica num topo, pelos vidros se vê a ilha iluminada quando uma música linda (cuja letra está abaixo) começa a ser cantada e fogos de artifício são estourados do lado de fora.

Simplesmente mágico.

Agradeço á Karina e seu amor, que foram lindas comigo.Gentis e delicadas como muito poucas pessoas são hoje em dia.À Mari e a Lê que em Curitiba foram queridas demais e a Anne , pelo reencontro.

Agradeço a Deus pela oportunidade.

Rancho do Amor à Ilha

Um pedacinho de terra,
perdido no mar!...
Num pedacinho de terra,
beleza sem par...
Jamais a natureza
reuniu tanta beleza
jamais algum poeta
teve tanto pra cantar!

Num pedacinho de terra
belezas sem par!
Ilha da moça faceira,
da velha rendeira tradicional
Ilha da velha figueira
onde em tarde fagueira
vou ler meu jornal.

Tua lagoa formosa
ternura de rosa
poema ao luar,
cristal onde a lua vaidosa
sestrosa, dengosa
vem se espelhar...
  

 



Escrito por Cuca às 09h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


Estou de férias do trabalho!

Planejando minha viagenzinha para Curitiba e Florianópolis, feliz da vida.

Descansando muito.


Aproveito para agradecer a Karina (linkada aí do lado) pela atenção, ela e sua amada moram em FLoripa e estão me ajudando na reserva de pousadas, e dicas!Valeu meninas!


Beijs a todos!



Escrito por Cuca às 15h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Viagens, Livros, Dança,Cinema,Teatro
MSN - tchuca01@hotmail.com



Meu humor



Histórico


    Votação
    Dê uma nota para
    meu blog





    bandeira


    Outros sites
     Daia
     Docinha e Lindinha
     Ildo
     
     Escaminha
     Puchu
     Kaka
     Wal
     Ellen
     Piu-Piu e Frajola
     Nina
     Daia Meio Ambiente
     Isa
     Karina
     Marcia Paula
     Wagner
     Afrodite
     Nick
     Rebeka
     Cris
     Genérica Paraguaia